• flag-br
  • flag-esp
  • flag-us
Cases de Sucesso

Aprenda como calcular tensão de Ripple e qual a sua utilidade

PUBLICADO EM 22/06/2016 Aprenda como calcular tensão de Ripple e qual a sua utilidade

Ripple

Também descrita como ondulação ou fator de Ripple, a tensão de Ripple é o resultado da variação de sinal em uma tensão contínua. Geralmente apresentada em forma de porcentagem, a tensão de Ripple é capaz de apontar variações mínimas (na casa dos minivolts) dentro de um sistema elétrico. Trata-se de um conceito muito importante para sistemas elétricos mais sensíveis, que não suportam sequer essas pequenas variações. Em uma tensão de 12 Volts de corrente contínua, por exemplo, o sinal elétrico pode variar entre 11,99 e 12,01 Volts — uma variação minúscula, mas que pode provocar danos no sistema elétrico. Neste exemplo, a tensão de Ripple é a diferença entre as medições: 20 milivolts contínuos, ou, igual a 0.02 Volts. Para corrigir esta situação, é necessária a instalação de componentes ceifadores de tensão ou circuitos de filtragem.

Como calcular a tensão de Ripple?

Aprender a calcular a tensão de Ripple é bem simples, e existem diversos equipamentos que realizam esta função. O osciloscópio é o mais popular deles, uma vez que precisa de apenas poucos segundos para calcular a tensão de Ripple em determinado circuito elétrico. Para isso, o aparelho identifica os picos de tensão e o valor eficaz da tensão (uma grandeza que aponta a intensidade de uma corrente contínua que produziria o mesmo efeito calorífico que uma corrente alternada), apontando a variação entre eles.

 

Assuntos relacionados a Gerador de Energia:

Locação de Geradores – descubra qual o equipamento ideal.

Porque alugar um gerador de energia?

Como calcular o consumo de um gerador a diesel?

Comprar ou alugar um gerador de energia

Onde podemos utilizar um gerador 150 KVA?

Onde podemos utilizar um gerador de 30 KVA?




VOLTAR