Como funciona um gerador de eletricidade?

PUBLICADO EM 13/10/2015 2015/11/1-gerador-interior.jpg

Praticamente indispensável nos dias atuais, a energia elétrica é responsável pelo funcionamento de chuveiros, televisores, computadores, micro-ondas e diversos outros aparelhos de uso doméstico. Além disso, muitos estabelecimentos dependem diretamente da eletricidade para funcionar de maneira segura e sem prejudicar ninguém. É o caso de hospitais, aeroportos, frigoríficos e espaços para eventos. O gerador de energia é um equipamento que supre justamente essa necessidade energética, garantindo o fornecimento de energia elétrica mesmo em caso de falhas ou interferências na rede elétrica local. Trata-se de um dispositivo confiável, versátil e que pode ser acionado a qualquer momento, funcionando como fonte de energia principal ou auxiliar. Composto basicamente por gerador, tanque de combustível e motor responsável pelo acionamento do equipamento, o gerador de eletricidade com motor a diesel funciona a partir da queima deste combustível que, por sua vez, movimenta um eixo central. A energia mecânica resultante dessa movimentação é transformada em energia elétrica graças à ação de um alternador.

Vantagens do gerador de eletricidade

• Segurança: o gerador de eletricidade garante o funcionamento da iluminação, pública ou privada, mesmo em regiões que sofrem com apagões e quedas constantes de luz. Além disso, em caso de quedas de energia, o equipamento mantém câmeras de segurança e alarmes em pleno funcionamento; • Agilidade: o gerador elétrico é um equipamento de resposta rápida. Assim que for detectada a interrupção no fornecimento de energia, o equipamento entra em ação, suprindo as necessidades energéticas do estabelecimento; • Silencioso: mesmo sendo um equipamento de grande porte, o gerador de eletricidade não gera ruídos capazes de incomodar moradores, funcionários ou clientes; • Versatilidade: trata-se de uma solução que pode ser aplicada nos mais variados ambientes, como hospitais, escolas, condomínios residenciais, edifícios comerciais, indústrias, faculdades, bem como eventos de grande porte.




VOLTAR