• flag-br
  • flag-esp
  • flag-us
Cases de Sucesso

Entenda o que é e como funciona a rigidez dielétrica dos materiais

PUBLICADO EM 13/05/2016 Entenda o que é e como funciona a rigidez dielétrica dos materiais

rigidez dielétrica

A rigidez dielétrica diz respeito à tensão máxima que um determinado material isolante pode suportar antes de começar a apresentar falhas. Identificar esta característica nos elementos isolantes é uma etapa fundamental em qualquer teste que verifica a integridade e a segurança da instalação elétrica. Para aferir a rigidez dielétrica de um material isolante, ele é exposto a altas tensões de curta duração, até que se identifique um ponto de quebra. Em geral, esses testes de rigidez dielétrica utilizam voltagens que variam entre 5 mil e 400 mil volts (5-400 kV). Óleos aplicados como isolante em transformadores elétricos e outros tipos de dispositivo também devem ser testados. O teste do óleo isolante é especialmente importante, uma vez que a rigidez dielétrica desse tipo de produto depende de muitas variáveis ambientais — como umidade ou contaminação por carbono.

Importância da rigidez dielétrica dos materiais

O conceito de rigidez dielétrica dos materiais é fundamental para garantir a fabricação de materiais isolantes de qualidade, que realmente sejam capazes de oferecer segurança e evitar falhas elétricas e acidentes. Trata-se, portanto, de uma característica que evita prejuízos financeiros em grande escala, bem como danos físicos graves. No caso dos óleos isolantes, uma quantidade mínima de umidade em um transformador já é suficiente para provocar uma falha elétrica com consequências graves. Por isso, devem ser realizados testes regulares para verificar a resistência dielétrica das estruturas e do óleo utilizado no transformador.




VOLTAR