• flag-br
  • flag-esp
  • flag-us
Cases de Sucesso

Pico de consumo energético no verão: hora de reduzir custo

PUBLICADO EM 21/01/2016 Pico de consumo energético no verão: hora de reduzir custo

Pico de consumo energético no verão

Os custos com energia durante os períodos quentes são alguns dos grandes vilões de muitos setores produtivos. Empreendimentos comerciais, como shopping centers, por exemplo, precisam ajustar as contas com maior volume de clientes nas instalações e um ar condicionado em temperaturas baixíssimas para suportar o fluxo de pessoas.

Um dos maiores problemas é garantir a energia necessária para atender o aumento da demanda. Principalmente no verão, à medida que as temperaturas sobem, há os chamados picos de consumo, o que podem provocar queda na oferta das concessionárias, afetando diferentes setores da economia.

Para não ficar refém deste cenário, uma das alternativas é locar geradores para suprir a demanda interna de energia. Além disso, pode-se investir nos sistemas de refrigeração chamados chillers para tornar o sistema de ar condicionado mais eficiente e reduzir os picos e os gastos de energia.

Este tipo de sistema de refrigeração reutiliza a água dos equipamentos de ar condicionado, tornando o processo mais eficiente.  De modo geral, o chiller resfria a água quente retirada do ambiente pelo equipamento de ar condicionado. Posteriormente, água já gelada é redirecionada para o sistema de climatização. Este movimento faz com que o consumo energético do sistema de ar condicionado seja menor.

O chiller é indicado para diferentes ambientes, mas, principalmente, para aqueles com grande fluxo de pessoas.

Para quem busca alternativas, é possível comprar ou locar um sistema de refrigeração chiller. Nos dois casos, a dica é buscar um especialista que, antes, avalie toda a estrutura do empreendimento ou da empresa e apresente as melhores soluções para atender a necessidade e contribuir para o controle e a previsibilidade de custos.




VOLTAR